Deputado Edson Praczyk recebe Presidente do PRB em Contenda

O deputado estadual Edson Praczyk, recebeu no último dia 23 de fevereiro, em seu escritório, a visita do presidente municipal do PRB de Contenda, Pedro Mortensen, que é psicólogo e trabalha na Secretaria de Saúde de Araucária.
Pedro participa de movimentos políticos nestes dois importantes municípios da Região Metropolitana de Curitiba e aparece como uma nova liderança na busca de modernidade e crescimento do Partido Republicano Brasileiro em toda a região. Nesta conversa, Pedro falou de sua expectativa em disputar a prefeitura de Contenda nas eleições de 2020, e de suas ideias para a cidade, ideias inovadoras e que podem ser ainda melhor avaliadas e amadurecidas para depois fazer parte de seus planos políticos para tentar sua eleição à prefeitura.
O deputado falou sobre a oportunidade que teve de conversar com o presidente municipal sobre algumas das muitas emendas apresentadas na Assembleia Legislativa ao Orçamento do Estado, beneficiando a área da saúde, com destinação de 160 mil reais para Contenda e outros 40 mil reais para Araucária, abrangendo vários setores da área da saúde, aliás uma das suas preocupações nestes 5 mandatos como deputado estadual.
Pedro Mortensen também falou sobre o trabalho do PRB em Contenda e na região, e esteve acompanhado pelo Fábio Mortensen, que é empresário e cuida da parte administrativa do partido no município. Também estiveram participando da reunião meu chefe de gabinete Moisés Veloso e o secretário do PRB, Rodrigo Freitas.

WhatsApp Image 2017-03-07 at 19.04.36

 

Senador Eduardo Lopes apresenta projetos para os municípios

Brasília (DF) – O senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) se reuniu, nesta terça-feira (14), com prefeito de Miguel Pereira, André Português, o prefeito e vice-prefeito de Resende, Diogo Diniz e Geraldo Cunha, respectivamente, e o vice-prefeito de Vassouras, Thomaz Rocha. O objetivo foi apresentar proposta de destinação de recursos aos municípios nas áreas da saúde e educação.

Para Rocha, é fundamental ter um representante em Brasília que luta para ajudar os municípios distantes da capital fluminense. “A aproximação dos municípios com Brasília é importante para o desenvolvimento local. Nossa cidade precisa de mais investimento, principalmente na área da saúde”, disse o vice-prefeito de Vassouras.

Desde que Eduardo Lopes reassumiu o Senado em 2017, já atendeu em Brasília diversos representantes municipais. “Sabemos das dificuldades que os municípios têm enfrentado. Por isso, quero dedicar o meu mandato a ajudá-los. O que acontece em todo o Estado do Rio de Janeiro é algo que precisa ser mudado imediatamente. Os serviços de saúde precisam ser reestruturados”, destacou o senador, que acredita que só por meio da união de todos será possível reerguer os municípios. “O momento que vivemos não podemos olhar para a questão partidária, temos que unir forças para colocar o Estado como provedor de questões sociais”, acrescentou Lopes.

Texto e foto: Júnior Laurindo / Ascom – senador Eduardo Lopes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Jutay Meneses faz apelo para que governador dialogue com policiais

João Pessoa (PB) – O deputado estadual Jutay Meneses (PRB-PB) fez um apelo para que o governador Ricardo Coutinho dê atenção à segurança pública na Paraíba e não permita que a categoria venha a entrar em greve pela falta de negociação com o Governo. Jutay fez discurso na manhã desta terça-feira (14), na Assembleia Legislativa da Paraíba, e lamentou ainda a tentativa do chefe do Executivo estadual em atribuir o problema da eminência de greve dos policiais militares a oposição.

“Não podemos admitir uma fala de um governador de Estado que diz que se a polícia entrar em greve, a culpa é da oposição. Ora, como a culpa é da oposição? Não somos nós que governamos. Quem governa é o senhor Ricardo Coutinho e seus auxiliares. Ele governa e não nós. Se alguma culpa houver a culpa é por parte do seu governo”, ressaltou.

Meneses aproveitou para pedir a reincorporação de 360 policiais licenciados que querem voltar à ativa. Ontem, os militares realizaram mais um protesto. Eles justificam que estão prejudicados, pois foram licenciados a pedido, mas o ato não foi consumado por não ter sido publicado em Diário Oficial do Estado.

“Desde 2014, quando a Emenda foi promulgada, o governador vem descumprindo sua aplicação, mesmo após uma orientação ter sido publicada no Boletim Interno da Polícia Militar, preparando o reingresso dos mais de 360 policiais licenciados. Os policiais já realizaram várias manifestações públicas, pedindo o cumprimento da lei, mas o governador tem se recusado a cumprir a Emenda”, explicou o republicano.

O deputado lembrou, ainda, que a Assembleia aprovou no ano passado a cessão de policias para o Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e para a própria Assembleia Legislativa, o que já diminui a quantidade de policiais que deveriam estar nas ruas. “O governo poderia utilizar essa mão de obra já treinada para atender essa necessidade de outros órgãos. Poderia colocar esses policias na ativa mas, assim não o faz, mesmo com déficit de nove mil homens. A lei permite o retorno dos militares, a população precisa de mais segurança e mais policiais na rua, mas por capricho ou maldade mesmo, o governador não permite”, denunciou.

Texto e foto: Ascom – deputado estadual Jutay Meneses

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Carlos Gomes recebe pedido de manutenção de idade mínima para aposentadoria rural

Brasília (DF) – A manutenção da idade mínima de aposentadoria para o trabalhador rural em 55 anos para as mulheres e 60 anos para os homens foi solicitada ao deputado federal Carlos Gomes (PRB) nesta terça-feira (14), em Brasília, pelos prefeitos de Westfália, Otavio Landmeier; de Poço das Antas, Ricardo Flach, e de Brochier, Clauro de Carvalho. A Câmara dos Deputados analisa a Proposta de Emenda à Constituição 287/2016, que trata da Reforma da Previdência e estabelece 65 anos para ambos os sexos.

carlos-gomes-prb-recebe-pedido-de-manutencao-de-idade-minima-para-aposentadoria-rural-foto-jorge-fuentes-15-02-17-01Os administradores municipais alegam que o agricultor familiar inicia as suas atividades na lavoura muito cedo (por volta dos 13, 14 anos), além de estar expostos a diferentes condições climáticas e ao uso de produtos químicos. “Com a extensão da idade mínima, pouquíssimos produtores rurais teriam acesso à aposentadoria”, frisou o prefeito Landmeier.

“A bancada do PRB está analisando a matéria para conter o déficit nas contas da Previdência, sem retirar a possibilidade real de acesso ao benefício dos trabalhadores do campo”, ponderou o deputado.

Texto e foto: Jorge Fuentes / Ascom – deputado federal Carlos Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Projeto de Alan Rick cria política para doença pulmonar rara que atinge mulheres

Brasília (DF) – A Câmara dos Deputados analisa a criação da Política Nacional de Conscientização e Orientação sobre a Linfangioleiomiomatose (LAM) – doença pulmonar rara que atinge mulheres em idade fértil e pode causar obstrução brônquica e vascular, bem como formação de cistos.

A política pretende incentivar ações para capacitar profissionais da saúde quanto ao quadro sintomático e o diagnóstico diferencial da doença. Prevê ainda a criação de centros de referência para diagnosticar, tratar e acompanhar pacientes com LAM. Por fim, determina a implantação de um sistema nacional de coleta e processamento de dados sobre casos da enfermidade.

A criação da política está prevista no Projeto de Lei 5078/16, do deputado federal Alan Rick (PRB-AC). Pelo texto, caberá ao SUS oferecer às portadoras de linfangioleiomiomatose o acesso a todos os meios disponíveis para tratamento e controle da doença. “Como vice-presidente da Frente Parlamentar das Doenças Raras da Câmara dos Deputados, sei que essa proposta vai melhorar a qualidade de vida das portadoras de LAM”, destacou Alan Rick.

Segundo o republicano, o objetivo é criar meios para que as portadoras de LAM possam ser diagnosticadas rapidamente e tratadas de modo eficiente. A política deverá ser regulamentada pelo Executivo em 60 dias após a publicação da nova lei.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Texto e foto: Agência Câmara Notícias
Edição: Agência PRB Nacional

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Código de Processo Penal: João Campos defende prazo fixo para prisão preventiva

Brasília (DF) – A comissão especial que discute mudanças no Código de Processo Penal (PL 8045/2010) retomou os trabalhos nesta terça-feira (14) com uma audiência pública sobre prisão preventiva. O deputado republicano João Campos (PRB-GO), relator do PL, destacou a importância do debate para a construção do texto final. Para ele, a prisão preventiva não pode ser algo interminável e, assim como a prisão temporária, deve ter prazo fixo.

“Essa questão precisa ficar clara para dar mais segurança ao aplicador da lei e a quem estiver sendo processado. Com essas regras, um juiz não vai poder simplesmente ‘esquecer’ um preso encarcerado sem conceder sua sentença”, disse João Campos. O deputado acredita que adotar prazo para o tempo da prisão preventiva também ajudará a solucionar o problema da superlotação dos presídios.

O advogado e professor da PUC-RS, Ricardo Gloeckner, ressaltou o último relatório da organização Human Rights Watch, de 2017, que aponta 40,1% de presos provisórios no sistema de justiça penal brasileiro. “Um efeito cascata que produz consequências substanciais na quantidade e qualidade de presos no Brasil”, disse.

Sabia mais

A prisão preventiva é um tipo de medida cautelar e acontece antes da sentença que determina a absolvição ou condenação dos acusados. Até então, a legislação brasileira não prevê um tempo mínimo razoável para essa prisão o que, juntamente com a lentidão das análises de processos, acaba por ser um fator de superlotação das penitenciárias.

Para muitos estudiosos da área, a prisão preventiva é pouco democrática, uma vez que vai contra o princípio de que todos somos inocentes até que se prove o contrário. Por outro lado, é uma medida utilizada para garantir a ordem pública e afastar as pessoas que podem ser ameaças à sociedade.

Texto: Fernanda Cunha / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

“Nosso trabalho será cuidar das pessoas”, diz Osias Moraes, eleito vereador em Curitiba

Curitiba (PR) – A boa votação do republicano Osias Moraes (PRB), eleito vereador em Curitiba com 8.239 votos, o quinto mais votado na capital, mostrou que o eleitor curitibano soube escolher o bom trabalho feito pelo partido no Estado do Paraná.

Radialista e apresentador de TV, Osias acredita na força da renovação e nas boas práticas desenvolvidas pelo PRB como essenciais para fazer um bom trabalho no legislativo a partir de janeiro de 2017. “A campanha eleitoral não foi fácil, as novas regras exigiram um trabalho redobrado, mas fomos de porta em porta apresentando nossas propostas, e graças a Deus tivemos um bom resultado. Nosso trabalho é alinhado ao PRB, ao novo, às boas práticas que o partido já desenvolve em todo o país”, destacou Osias.

Estreante no legislativo, o republicano faz parte da renovação na Câmara Municipal de Curitiba. Osias está entre os 14 que se elegeram pela primeira vez na capital paranaense, de um total de 38 vagas e diz que fará um mandato não somente no gabinete, mas ouvindo a população o e apresentando alternativas às suas demandas.osias-morais-prb-vereador-eleito-curitiba-pr-foto-cedida-05-12-2016-02

“Na câmara municipal nosso trabalho será cuidar das pessoas, olhar para os cidadãos e trabalhar ao lado deles para contemplá-los com nosso trabalho que será intenso no legislativo”, afirmou o republicano.

Dentre os diversos projetos que o futuro vereador pretende desenvolver no legislativo, estão prioridades na segurança pública, educação e o transporte público da capital. Defensor da ampla participação dos jovens na política, Osias disse que atuará fortemente em prol da juventude.

“Vamos trabalhar para aproximar os jovens da política, ouvir suas realidades e elaborar políticas públicas para promovê-los. Um dos trabalhos que queremos desenvolver, além da educação, será a prática de esporte. O esporte educa e disciplina, tem o poder de transformar, comover e fazer as pessoas refletirem. Acreditamos que inserir os jovens no esporte vai afastá-los das drogas”, finalizou Osias Moraes.

Texto: Agência PRB Nacional
Fotos: Cedida

Marcos Pereira diz a presidente do WEF que Temer pode ir a Davos

Genebra (Suíça) – O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira (PRB), sinalizou ao fundador e presidente do Fórum Econômico Mundial (WEF), Klaus Schwab, o interesse do presidente Michel Temer em participar do próximo encontro de Davos, em janeiro. Eles estiveram reunidos na sede da entidade, em Genebra, nesta quinta-feira (24). Pela manhã, Marcos Pereira foi recebido pelo diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), o brasileiro Roberto Azevêdo.

“Falei ontem por telefone com o presidente Temer sobre a importância da participação no fórum. Ele manifestou interesse e deixou a agenda reservada. Esperamos que sua presença se confirme”, relatou o ministro.

Schwab ressaltou a alegria de receber o presidente Temer junto a outros líderes políticos e empresariais de todo o mundo. “Sabemos que o Brasil passou por momentos difíceis, mas nem todos sabem o que está sendo feito agora e quais os planos para o futuro, e o Fórum de Davos será a melhor oportunidade de contar”, disse.

A expectativa para o WEF de janeiro é receber diversos chefes de governo e organizações internacionais, como ONU, FMI e OMC, além de mais de 1.000 presidentes de empresas. “Estive no fórum latino-americano, em junho, em Medellín, e vejo a participação do Brasil como fundamental para ampliar nosso diálogo com as forças mundiais”, assinalou Marcos Pereira.

Aliança Global de Comércio

O ministro brasileiro manifestou a Klaus Schwab o interesse do Brasil em se unir à Aliança Global de Facilitação de Comércio, mecanismo que reúne os setores público e privado das maiores potências mundiais.

“Nosso governo entende e está confiante de que a introdução de uma perspectiva de um país em desenvolvimento como o Brasil na Aliança Global poderá encorajar outros países na mesma condição a implementar reformas em facilitação de comércio. Essa iniciativa pode fortalecer suas comunidades empresariais locais a tornar esses países mais atrativos para o comércio e investimentos”, sugeriu Marcos Pereira.

Schwab, que disse ter relações antigas com o Brasil, e que sua primeira viagem ao País foi em 1971, garantiu que deve apoiar o ingresso e que dará uma resposta definitiva até o Fórum de Davos, em meados de janeiro.

O presidente do WEF ainda manifestou interesse em levar para o Brasil, em 2018, a versão latino-americana do fórum. No ano que vem, o encontro será em Buenos Aires. Marcos Pereira confirmou interesse na proposta e as equipes técnicas, a partir de agora, estarão em contato para as tratativas.

A reunião contou com a participação do ex-ministro de Economia da Alemanha e atual auxiliar de Schwab, Philipp Rôsler, do secretário de Comércio Exterior do Brasil, Abrão Neto, e dos demais membros das equipes.

Texto e foto: Ascom – MDIC

O Dia dos Desbravadores

De autoria do Vereador Luiz Bertoldo (PRB), a lei 350/13 que Institui o Dia do Desbravador, no âmbito do Município de Ponta Grossa.
As atividades foram acompanhadas por Bertoldo, na praça Ambiental do grupo Everest Ponta Grossa Paraná.
Hoje é dia Municipal dos Desbravadores, e no mundo mais de 2 milhões comemoram a data.
Meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos, de diferentes classes sociais, cor, ou religião, reúnem-se uma vez por semana para aprender a desenvolver talentos, habilidades, percepções e o gosto pela natureza. Vibram com atividades ao ar livre. Gostam de acampamentos, caminhadas, escaladas, explorações nas matas e cavernas. Sabem cozinhar ao ar livre, fazendo fogo sem fósforo.
Demonstramos habilidade com a disciplina através de ordem unida, e têm a criatividade despertada pelas artes manuais. Combatem, também, o uso do fumo, álcool e drogas.

O Clube de Desbravadores está presente em mais de 160 países, com 90.000 sedes e mais de dois milhões de participantes. Existem oficialmente desde 1950, como um programa oficial da Igreja Adventista do 7º Dia.

Morandi é oficializado pré candidato a prefeito em Candói

O diretório municipal do PRB de Candói, oficializou esta semana a pré candidatura a prefeito do Município. Jeferson Morandi, atual vice-prefeito e presidente do partido na cidade, foi indicado como pré candidato para disputar as eleições em outubro próximo.

De acordo com Morandi, a indicação do partido foi baseada na sua trajetória pública em Candói. “Por cerca de 16 anos atuei na Câmara de Vereadores e nos últimos três anos e meio participo da administração municipal. Implantamos um novo sistema administrativo e que tem trazido muitos benefícios para a população. Acreditamos que este trabalho deve ter continuidade e estou preparado para isso”, afirma Morandi.

De acordo com o pré candidato, os contatos com os partidos que compõem a base da atual administração serão intensificados a partir de agora. “Nós temos um ótimo grupo, composto por pessoas capacitadas. Vários nomes estão prontos para disputar as eleições e estamos nos colocando à disposição, como uma das opções do grupo. Estamos intensificando o contato com os demais partidos e com as lideranças para levar nossa proposta e projeto de governo. A união do nosso grupo é fundamental para as eleições de outubro próximo”, conclui.

Fonte: redesuldenoticias

1 2 3 5