‘Clebão’ será empossado hoje como vereador em Umuarama

Depois de muita especulação sobre quem assumiria no lugar do vereador Hemerson Yokota (PR), afastado pela Justiça das funções na Câmara Municipal de Umuarama desde o último dia 23 de dezembro, finalmente a Justiça Eleitoral deu uma luz a questão. No final da tarde de ontem, foi anunciado que em assume a cadeira no legislativo é o vendedor Cleber Marcos Nogueira, 36 anos, o Clebão.
Nas fileiras do PRB – Partido Republicano Brasileiro, Clebão será o segundo vereador da legenda, que já conta com Fernando Galmassi. Eleito na Coligação ‘Todos por Umuarama’ (PRB/PR/DEM/PSL), o novo vereador sabe que o tempo é curto, pois tem somente um ano de mandato, mas espera poder contribuir e pretende deixar a sua marca e já avisou: “vou concorrer novamente nas eleições deste ano”.
O vendedor disse que “quando acabou a eleição não imaginei que isso poderia acontecer. Tem coisas que vêm somente pela mão Divina e não pelas mãos dos homens”, disse sorridente.

E Clebão está certo. Ele é um homem de sorte. Só irá assumir a cadeira na Câmara porque os quatro primeiros suplentes mudaram de partido. A Justiça entendeu que como saíram do partido na qual foram eleitos, cometeram infidelidade partidária, e não seria justo assumirem o cargo. O entendimento da Justiça é que a vaga é da coligação e não do candidato ou do partido.
Com isso, os 615 votos obtidos por Clebão foram suficientes para desbancar quem obteve votação mais expressiva, como o primeiro suplente, Noel do Pão; o segundo suplente, Jeferson Ferreira, Jefinho do Esporte; André do Tarumã e Bernadete Dell Mônaco Avellar.
O ingresso de Clebão não deve significar modificações na divisão política que há dentro da Câmara. O novo vereador deverá manter a posição de seu partido e fazer parte da base da situação, liderada pelo presidente da Casa, Marcelo Nelli (Solidariedade).
Clebão tomará posse às 9 horas de hoje em cerimônia na Câmara de Vereadores. Ele assume a cadeira deixada por Hemerson Yokota, afastado pela Justiça por tempo indeterminado das funções de vereador depois de ter sido preso em flagrante com R$ 20 mil sob a acusação de cobrar propina para facilitar o trâmite de projeto de lei de doação de terrenos para um empresário local. Yokota foi o vereador eleito com mais votos. Foram 2.309 eleitores que confiaram no parlamentar.

O terceiro de quatro filhos, Cleber Marcos Nogueira, 36 anos, é casado há quinze anos e tem duas filhas, de onze e cinco anos. Trabalha há doze na empresa Armazém dos Pneus e disse que espera continuar na empresa. Ao ser questionado sobre o que é mais importante, foi rápido e seguro ao responder o ‘pai’, mas a lembrança de ‘seo’ Anízio Nogueira, foi suficiente para emocionar Clebão. “Ele faleceu há um ano e foi justo em um dia 19, como hoje”, revelou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *