Ministro do Esporte mobiliza escolas de Curitiba para combater o mosquito Aedes aegypti

Em visita a instituições de ensino na capital paranaense, George Hilton garantiu que a realização das Olimpíadas não sofre qualquer ameaça por conta do Zika vírus.

Representantes dos governos federal, estadual e municipal estiveram, nesta sexta-feira (19.02), em instituições de ensino de todo o país para mais uma jornada de conscientização no combate ao mosquito Aedes aegypti. A ação, chamada de ‘Mobilização Nacional da Educação Zika Zero’, levou o ministro do Esporte, George Hilton, até Curitiba (PR) para falar aos alunos e professores sobre a importância do engajamento de toda a população em ações de prevenção e fiscalização na luta contra o mosquito.

Na escola municipal Nivaldo Braga, localizada no bairro do Boqueirão, cerca de 370 crianças ouviram de George Hilton conselhos de como evitar a formação de  criadouros do Aedes aegypti em suas residências. “Esse é um mosquito doméstico. É dentro dos lares que está o perigo”, alertou. O ministro destacou, ainda, a importância dos pequenos na campanha. “As crianças ficam animadas e dispostas a colaborar, então, dentro de casa elas passam a ter um papel fundamental de cobrar isso dos pais, dos irmãos. Quando você inicia um processo de conscientização através delas, a chance de replicar essa ideia em todos os lares é muito grande”, disse. Ana Marli, de apenas cinco anos, mostrou que já sabe como colaborar. “Na nossa casa a gente precisa jogar água parada fora e, se o mosquito aparecer, matar ele”, explicou.

Foto: Roberto Castro /MEFoto: Roberto Castro /ME

Já no colégio estadual Homero Baptista, que fica no bairro de Capão Raso, 350 crianças e adolescentes participaram do bate papo com o ministro. No ano em que o país recebe os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, George Hilton assegurou que a realização da competição não corre risco. “O Zika vírus não é um problema Olímpico, é um problema de saúde do mundo. São vários países, conforme alertou a Organização Mundial de Saúde. Claro que, em um primeiro momento, as pessoas ficam preocupadas, mas o governo deu uma resposta rápida e a sociedade também. Durante os Jogos, tanto atletas, quanto dirigentes, autoridades e turistas terão todo o acompanhamento com todas as informações necessárias”, afirmou.

Diretor do colégio, Celso Wesley Ribas ressaltou a importância da colaboração da rede educacional no combate ao mosquito. “A escola é, sem dúvida alguma, o meio que devemos utilizar para mostrar para as pessoas e conscientizar os jovens de que o Aedes é o nosso grande inimigo. Devemos estar preparados para saber enfrentá-lo”, apontou. Superintendente de Vigilância Sanitária do Paraná, Cleide Oliveira destacou a importância do engajamento de toda a sociedade na luta contra o mosquito. “Não é apenas para o gestor público, o professor, o aluno ou o profissional da saúde. Se cada um, enquanto cidadão, fizer a sua parte nós conseguiremos vencer essa batalha. Não estamos na fase de conscientização apenas, estamos na fase de ação, individual e coletiva. Devemos agir pensando: ‘a responsabilidade é minha também”, opinou.

Foto: Roberto Castro/ MEFoto: Roberto Castro/ ME

A Mobilização Nacional da Educação Zika Zero, realizada em todo o território nacional, foi articulada pelos Ministérios da Educação,  da Saúde, da Defesa e Casa Civil. Cerca de 60 milhões de brasileiros estão organizados em salas de aula, considerando os 56 milhões de estudantes de todos os níveis de ensino, os 2,1 milhões de professores da educação básica, os 396,5 mil de educação superior e os 414,5 mil servidores técnicos administrativos de educação superior.

Pedro Ramos, de Curitiba (PR)

Ascom – Ministério do Esporte

Em missão oficial à China, republicanos analisam legado dos Jogos Olímpicos de 2008

Brasília (DF) – O deputado federal Márcio Marinho (PRB-BA), presidente da Comissão do Esporte na Câmara, e o deputado federal Cléber Verde (PRB-MA) realizam missão oficial à China com o objetivo de avaliar o legado esportivo dos Jogos Olímpicos de 2008, na cidade de Pequim, que sediou a competição.

Segundo Marinho, os chineses deram um passo importante nas áreas de educação e saúde disponibilizando as instalações e equipamentos esportivos para crianças e jovens treinarem, mas não apenas como forma de lazer, mas como parte integrante da grade curricular de ensino. “A China possui um sistema de ensino superior no esporte e um modelo de desenvolvimento desportivo em faculdade. Temos que conhecer, adequar e aprimorar as práticas já existentes no mundo para que possamos avançar e dar passos seguros no reaproveitamento das instalações esportivas no Brasil, em prol dos nossos jovens”, afirmou.

Na programação oficial estão incluídas visitas ao Bureau de Treinamento da Administração Geral de Desportos do Estado (National Sports Training Center), Estádio Nacional-Ninho de Pássaro (Beijing National Stadium), Centro Aquático Nacional de Beijing-Cubo de Água (Beijing National Aquatics Center), além de audiências com Chen Zhu, Vice-Presidente da Assembleia Popular Nacional (APN) da China, e Liu Binjie Presidente do Comité de Educação, Ciência, Cultura e Saúde Pública da APN.

 

Fonte e foto: Ascom / deputado federal Márcio Marinho

Evento esportivo reúne mais de 1500 jovens

O presidente estadual do Partido Republicano Brasileiro, Bispo Fábio Santos, se disse feliz por ter participado no último  dia 19  de um grande evento, realizado no cidade de 4 Barras na Região Metropolitana de Curitiba, que reuniu mais de 1500 jovens, de todas as idades, em torno de uma concorrida competição esportiva, com a participação de jovens e adolescentes de todas as idades.
Os jogos que envolveram diversas modalidades, foram realizados de maneira muito organizada, com as disputas femininas e masculinas demonstrando uma “ briga “ por vitórias mas ao mesmo tempo um clima de confraternização típico de quem compete por amor ao esporte e por uma boa causa, como foi mais esta etapa, promovida pelo grupo “ Força Jovem “ com abertura da competição em Fazenda Rio Grande, também na Região Metropolitana, e o encerramento festivo em 4 Barras.
Além da importância do evento em si, vale destacar que o objetivo principal é chamar a atenção da comunidade como um todo para o problema do envolvimento dos jovens com a droga inclusive com depoimentos de jovens e adolescentes que já estiveram envolvidos com elas,  e hoje livres do vício, não só participam das atividades do grupo, como também contribuem para a propagação de suas experiências no mundo das drogas, o que ajuda em muito e serve como incentivo e alerta para que outros jovens não passem pelo mesmo problema.
O programa “ Olé nas Drogas “ envolve todo o Estado e é realizado anualmente, passando a todos uma mensagem de fé e otimismo, mostrando através do esporte e da confraternização que é possível sim se manter longe das drogas e levar uma vida saudável praticando o bem.
Além de todos que participaram competindo, o presidente do PRB ressaltou o trabalho dos coordenadores e organizadores deste grande evento, como o Pastor Roque Júnior que é o coordenador estadual  da Força Jovem no Paraná, destacando também a presença do Secretário Geral do partido, Pastor Osias Moraes. Sem dúvida nenhuma,conforme o Bispo Fábio Santos, um grandioso evento, que merece todo aplauso e reconhecimento.