Hoje termina o prazo para partidos enviarem lista atualizada de filiados

Os 35 partidos políticos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) têm até o dia 14 de abril para encaminhar à Justiça Eleitoral, via internet, informações atualizadas sobre a relação de filiados. Os dados serão divulgados pela Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral (CGE), após o processamento dos dados, no dia 20 de abril.

O prazo final para o envio das listas de filiados foi estabelecido pelo Provimento nº 5/2016 da CGE. A relação atualizada deve conter a data de filiação e o número dos títulos e das seções eleitorais em que os filiados às legendas estiverem inscritos. Se a relação não é remetida nos prazos mencionados, permanece inalterada a filiação de todos os eleitores.

O artigo 19 da Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/1995) estipula que as legendas devem encaminhar as listas de seus filiados em abril e outubro de cada ano. Os dados devem ser disponibilizados por meio do sistema Filiaweb, que permite a interação on-line com o Sistema de Filiação Partidária.

Havendo coexistência de filiações partidárias, prevalecerá a mais recente, devendo a Justiça Eleitoral determinar o cancelamento das demais.

Filiados até 2015

Ao todo, há no Brasil 15.842.525 de filiados a partidos políticos. Esse dado foi calculado com base nas últimas relações enviadas à Justiça Eleitoral, em 2015, pelos 35 partidos registrados no TSE.

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) tem o maior número de filiados: 2.376.463. Em seguida, vem o Partido dos Trabalhadores (PT), com 1.590.104, e o Partido Progressista (PP), com 1.419.386 filiados.

Os três partidos mais recentes que tiveram seus registros aprovados no TSE (Partido Novo – 1.394; Partido da Mulher Brasileira – 34; e Rede Sustentabilidade – 1.576) somam juntos 3.004 filiados.

RC/TC

Deputado estadual Gilberto Ribeiro se filia ao PRB

Curitiba (PR) – O deputado estadual Gilberto Ribeiro se filiou a Partido Republicano Brasileiro (PRB) nesta quarta-feira (24). O novo republicano teve a ficha de filiação abonada pelo presidente do PRB Paraná, Fábio Santos. Ribeiro deixa o PSB para tornar o PRB ainda mais forte e representativo no Estado, sendo o primeiro deputado paranaense a aproveitar a janela de transferência, que se iniciou em 18 de fevereiro.

“O PRB Paraná tem uma nova proposta para o Estado. Por isso, precisamos de novos nomes em nosso partido, pessoas que realmente queiram fazer a diferença e queiram lutar por um Paraná melhor, com mais igualdade, inclusão e desenvolvimento”, comentou Fábio Santos.

Considerado o representante do povo na televisão, Gilberto Ribeiro conquistou uma cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná pela primeira vez em 2010, sendo reeleito em 2014 com mais de 76 mil votos. O novo republicano tem uma atuação firme e segura em todas as cidades que fazem parte da Grande Curitiba, especialmente nas questões voltadas à segurança pública, uma de suas preocupações há mais de 30 anos.

Ao comentar sobre o novo desafio, Ribeiro se diz empolgado e feliz com sua filiação ao PRB. “Desde o início da minha atuação parlamentar como deputado estadual, sempre tive a companhia os conselhos e o apoio do deputado republicano Edson Praczyk, a quem eu chamo antes e acima de tudo de amigo. Agora, juntos, no mesmo partido, espero dar minha parcela de contribuição para que o PRB continue na reta de crescimento”, comentou.

Participaram do ato de assinatura da filiação o deputado estadual Edson Praczyk (PRB-PR), o secretário-geral Osias Moraes e o ex-deputado federal Oliveira Filho (PRB-PR).

Entre os dirigentes da sigla no Paraná, a vinda de Gilberto Ribeiro para o PRB, traz não só uma força extra, mas também a figura carismática de um parlamentar combativo, antenado com os problemas diversos enfrentados não só em Curitiba, mas também em todos os municípios da Região Metropolitana, que são os principais pontos de atuação de Gilberto.


Texto: Ascom – PRB Paraná

Fotos: Derli Júnior