70 milhões de reais com pedágio

Um dos assuntos mais citados e debatidos em 2015 na Assembleia Legislativa do Paraná, foi sem dúvida o preço do pedágio cobrado nas praças do Paraná, um dos mais caros do Brasil.

E uma declaração dada no final do ano pelo  presidente da cooperativa Coamo, uma das maiores e mais importantes do país,  me deixou pasmo. Conforme José Aroldo Gallassini, a Coamo gastou somente em 2015, aproximadamente 70 milhões de reais em tarifas de pedágio. Ele concorda que o pedágio ajudou a melhorar as estradas do nosso estado, mas a exemplo de todos os paranaenses, considera que o mesmo é muito caro.

Para reforçar: 70 milhões de reais apenas para pagar tarifas de pedágio neste ano que está terminando. E abordo este tema, porque neste ano, o tema voltou com força total na Assembleia, inclusive com a criação de uma Comissão Especial, composta por vários deputados e que irá analisar a prorrogação do contrato de pedágio do governo do Paraná com as empresas que administram os pedágios no Paraná, um contrato longo e muito polêmico, pois há muitos e muitos anos se discute em todas as esferas possíveis, o preço do pedágio, sua duração, os termos alguns não muito claros dos contratos, o volume de obras realizadas, e diversas outras questões que envolvem os pedágios.

O interessante, é que apesar de tantos anos de discussão intensa em várias áreas, ainda não se chegou a conclusão nenhuma, os termos de concessão e cobrança dos pedágios são totalmente confusos, a população não tem acesso a nenhum tipo de informação, e a única coisa que se sabe é que os aumentos continuam sendo praticados a bel prazer das concessionárias, os preços cobrados continuam abusivos como sempre e por aí vai.

Tomara que esta comissão criada na Assembleia e que começa a trabalhar imediatamente, consiga fazer andar o processo de cobrança e fiscalização, e além de evitar a prorrogação dos contratos, traga também outras informações que nunca foram de conhecimento de nós, simples mortais.

Presidente Fábio Santos reúne lideranças

O presidente estadual do Partido Republicano Brasileiro no Paraná Fábio Santos, reuniu na noite da última sexta feira ( 06 ) na sede do partido em Curitiba, dezenas de lideranças de todo estado, para falar a respeito do trabalho do partido no Paraná, e também dos resultados da mais recente viagem ao interior do Estado.

Nessa viagem que durou 09 dias, o presidente visitou diversos municípios da região noroeste, conversando com os presidentes municipais lideranças da região, membros filiados ao partido e também com os pré-candidatos à prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições de outubro deste ano, quando o PRB pretende aumentar em muito sua representatividade no Paraná, elegendo um número bem maior de vereadores e também nos cargos majoritários.

Na reunião, além de prestar contas sobre a viagem, Fábio Santos voltou a falar sobre a importância de todos os membros do partido trabalharem juntos, especialmente neste momento de incertezas que o país atravessa, e o crescimento do PRB em nível municipal, estadual e federal, que mesmo em meio a tanta turbulência, conseguiu crescer, marcar sua presença no meio político e sair de um espaço pequeno na política nacional para se tornar um partido com representatividade e presença forte e marcante no cenário nacional.

O presidente abriu a palavra para que os participantes da reunião pudessem tirar dúvidas, questionar e sugerir, abordando a atuação do PRB em Curitiba e em todos os municípios onde o partido possui representatividade. Algumas questões polêmicas internas do partido também foram debatidas, e ao final da reunião, Fábio Santos analisou como muito produtivo este tipo de encontro, por dar aos filiados e lideranças, a oportunidade de analisar o momento atual, debater de forma clara pontos que precisam ser esclarecidos, o que irá com certeza provocar uma união ainda maior e mais forte visando as eleições deste ano, e também já visando as eleições de 2018.

Presidente Fábio Santos faz reunião em Ponta Grossa

O presidente estadual do Partido Republicano Brasileiro, Fábio Santos esteve em Ponta Grossa na última quinta feira ( 12 ) reunido com filiados e lideranças do partido, além e convidados especiais, sendo recebido pelo presidente municipal e vereador da cidade, Luiz Bertoldo.

O objetivo do evento foi conversar com os filiados do partido, pré-candidatos às eleições deste ano, lideranças da cidade e região, falando aos convidados principalmente sobre consciência política, neste momento conturbado que vive o nosso país, além de ressaltar a importância de nós mesmos fazer o que nos compete, sem precisar vir alguém de fora realizar o que é de nossa alçada.

O presidente falou muito a respeito da importância de termos iniciativa tomarmos as rédeas da situação, criarmos mecanismos de crescimento e colocar em prática a nossa criatividade, pois daí podem surgir ações concretas de crescimento, tanto individual quanto coletivo, citando como exemplo a transição que terá que fazer o governo federal neste momento para poder governar o país de forma tranquila e com objetivos bem definidos.

Fábio Santos, citou a importância da imensa região dos Campos Gerais para o nosso Estado, e como é interessante para o PRB continuar a ter a representatividade em nível municipal através da atuação dos nossos dois vereadores, Luiz Bertoldo e Ezequiel Bueno.

A importância do trabalho dos vereadores do PRB em seus municípios tem sido citada pelo presidente como fator primordial para o crescimento contínuo da legenda no Estado.

Mensagem da Semana: ‘O PRB quer contribuir’

Olá republicanos de todo o Brasil!

O PRB saiu da base de apoio do governo Dilma Rousseff (PT) e deixou o Ministério do Esporte em pleno ano de realização das Olimpíadas por entender que houve crime de responsabilidade e pela dificuldade de diálogo que a presidente e seus auxiliares mais próximos sempre impuseram aos aliados.

Participar de um governo vai muito além de ocupar cargos e funções e estar obrigado a votar temas controversos no Congresso Nacional. Essa postura arrogante e hostil implodiu a relação de Dilma com o parlamento, levando o Brasil a uma crise econômica e política bastante grave.

Tentamos por diversas vezes sentar à mesa com Dilma para discutir o Brasil, mas não fomos ouvidos, assim como outros aliados. Isso é público. Agora, num eventual novo governo, o PRB deixa claro mais uma vez que espera contribuir efetivamente para tirar o País da situação caótica em que se encontra.

Estamos dispostos a oferecer nossa cota de sacrifício em favor da união nacional e para fazer as reformas necessárias. Vale ressaltar que o PRB foi o primeiro partido a deixar a base do atual governo e votou de forma unânime a favor do impeachment. Além da contribuição individual de cada parlamentar, o partido é uma força uníssona na Câmara.

Nossa esperança é a de que o novo governo não cometa os mesmos erros deste que está prestes a se encerrar. Temos conosco a expectativa de, juntos, deixarmos um legado para o futuro. O Brasil pode contar com o PRB.

Boa semana a todos.

Marcos Pereira – presidente nacional do PRB

Foto – Douglas Gomes – Liderança do PRB

Morandi é oficializado pré candidato a prefeito em Candói

O diretório municipal do PRB de Candói, oficializou esta semana a pré candidatura a prefeito do Município. Jeferson Morandi, atual vice-prefeito e presidente do partido na cidade, foi indicado como pré candidato para disputar as eleições em outubro próximo.

De acordo com Morandi, a indicação do partido foi baseada na sua trajetória pública em Candói. “Por cerca de 16 anos atuei na Câmara de Vereadores e nos últimos três anos e meio participo da administração municipal. Implantamos um novo sistema administrativo e que tem trazido muitos benefícios para a população. Acreditamos que este trabalho deve ter continuidade e estou preparado para isso”, afirma Morandi.

De acordo com o pré candidato, os contatos com os partidos que compõem a base da atual administração serão intensificados a partir de agora. “Nós temos um ótimo grupo, composto por pessoas capacitadas. Vários nomes estão prontos para disputar as eleições e estamos nos colocando à disposição, como uma das opções do grupo. Estamos intensificando o contato com os demais partidos e com as lideranças para levar nossa proposta e projeto de governo. A união do nosso grupo é fundamental para as eleições de outubro próximo”, conclui.

Fonte: redesuldenoticias

Mensagem da Semana: ‘Verdade, propostas e diálogo: vamos construir?’

Olá republicanos de todo o Brasil!

A pré-campanha deste ano já começou. Aqueles que deverão concorrer a prefeito e vereador em outubro estão construindo alianças, elaborando propostas e preparando as respectivas estruturas para a disputa.

Com uma campanha mais curta e mais barata, pré-candidatos devem pensar em alternativas para se comunicar com o eleitor. A internet, se bem usada, poderá agregar valor considerável nesta eleição.

Neste período também são muito comuns os ataques e as agressões especialmente no âmbito virtual. Peço aos mandatários, presidentes estaduais, municipais, assessores e militantes que fiquem atentos a isso.

Nossa postura será sempre a de responder mentiras com verdades, agressões com propostas, ofensas com diálogo. E não devemos entrar em debates infrutíferos. Ou seja, aqueles em que o interlocutor não está aberto a ouvir.

O PRB está pronto para sua terceira eleição municipal com metas ousadas. Queremos eleger 300 prefeitos e 3.500 vereadores. É um número difícil de atingir, mas não impossível. Com o empenho de todos chegaremos lá.

Mas cuidado com a campanha antecipada. Em caso de dúvida sobre como proceder nos próximos meses, procure orientação técnica e jurídica. Devemos sempre caminhar e agir em conformidade com a lei.

Boa semana a todos.

Marcos Pereira – presidente nacional do PRB

Foto – Douglas Gomes – Liderança do PRB

PRB Juventude é consolidado em Carlópolis

O Presidente do PRB de Carlópolis e pré-candidato a prefeito do município, Geraldo Moraes, realizou no último final de semana o evento
que deu posse a nova coordenação do PRB Juventude.

O evento contou com diversas lideranças da cidade, inclusive de jovens que se prontificaram a lutar pela expansão da cultura e lazer da cidade.

Na oportunidade, o advogado do partido, Robson Neves, fez algumas reflexões com os presentes, sobre a importância dos jovens na política e a necessidade de suas militâncias para o desenvolvimento célere das políticas públicas voltadas para os jovens.

Neves ressaltou ainda, que agora Carlópolis ganhou um núcleo eficaz para promoção da cidadania dos jovens que, colaborará, inclusive, para restituição à sociedade daqueles que estão nas drogas e alcoolizados nas ruas da cidade de Carlópolis.

Fonte: Semanário do Paraná
Edição: ASCOM PRB Paraná

Luiz Bertoldo acompanha obras em Ponta Grossa

O vereador Luiz Bertoldo, líder do PRB na cidade de Ponta Grossa, cumpre o seu dever de fiscalizador junto ao Poder Executivo Municipal.

Bertoldo visita semanalmente o andamento das obras inicias pela Prefeitura em diversos bairros da cidade. Além de acompanhar o processo, o vereador conversa com os moradores da região e verifica as reais necessidades da localidade, e através de encaminhamentos, buscar os reparos necessários.

Na visita mais recente, o parlamentar presenciou o inicio das obras de revitalização no campo do bairro Shangri-lá e região do contorno.

3 3.1

Mensagem da Semana: ‘Protagonista a favor do impeachment’

Olá republicanos de todo o Brasil!

O PRB manteve-se coerente com seu discurso e com sua própria história ao votar unanimemente a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na memorável sessão de ontem (17), na Câmara dos Deputados, em Brasília, que abriu o processo contra ela.

Coerente com seu discurso porque, em junho de 2014, ao anunciar que apoiaria a reeleição de Dilma, eu mesmo, em nome da Executiva Nacional, condicionei a manutenção da parceria à melhora da economia – que já dava sinais de problema – e à participação efetiva do partido no governo.

E coerente com sua história porque o PRB foi criado não apenas para ser mais um partido político brasileiro em busca de cargos e posições, mas sim construir um novo e alternativo projeto de país com protagonismo e liderança. Eu dizia: “O PRB é aliado, mas não é subserviente”.

Embora tenhamos ocupado o Ministério do Esporte até o dia 16 de março, portanto por 15 meses, o PRB nunca fora chamado pela presidente para contribuir na formulação da macro política. Eu disse no ano passado inteiro que Dilma se cercou de três ou quatro ministros palacianos. E só.

A relação se deteriorou. Já não havia diálogo. Diálogo, aliás, nunca foi o forte de Dilma, especialmente com o Congresso Nacional. Ela nunca escondeu seu desprezo pelos parlamentares. Política sem conversa não se sustenta. Não tem mistério.

Com a coragem que é peculiar ao PRB, puxamos a fila ao deixar o ministério e nos afastarmos da base do governo. Na semana passada, anunciamos que os 22 deputados federais e o senador Marcelo Crivella votariam a favor do impeachment. Outros partidos saíram na sequência.

A justificativa do PRB para apoiar o impeachment foi amplamente defendida e divulgada durante todo o debate na comissão especial e no plenário da Câmara nos últimos três dias. Entendemos que houve, sim, crime de responsabilidade por parte da presidente Dilma.

Entendemos também que Dilma e o PT já não reúnem condições políticas e morais para liderar o Brasil para fora da tempestade econômica. Soma-se a tudo isso as denúncias de corrupção contra o governo e o esfarelamento da maior estatal brasileira, a Petrobras.

Governar exige liderança e confiança. Por mais que sobreviva ao impeachment no Senado, Dilma já não será presidente de fato, apenas de direito. A presença do ex-presidente Lula seja ocupando um ministério ou nos bastidores do Planalto deslegitimaram sua presidência.

Por fim, amigos, quero deixar claro que tomamos esta importante decisão ouvindo as bases do partido. No ano passado estive em 23 estados e mais de 30 cidades do interior de São Paulo, e em praticamente todas elas fui abordado por republicanos pedindo nossa saída da base.

Temos a convicção de que este é o melhor caminho para o Brasil. Por isso peço a todos que se mantenham ativos, inclusive na internet, apoiando nossos parlamentares e defendendo a posição do partido. O PRB precisa de cada um de vocês. Vamos em frente. A luta continua.

Boa semana a todos.

Marcos Pereira – presidente nacional do PRB

Foto – Douglas Gomes – Liderança do PRB

Hoje termina o prazo para partidos enviarem lista atualizada de filiados

Os 35 partidos políticos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) têm até o dia 14 de abril para encaminhar à Justiça Eleitoral, via internet, informações atualizadas sobre a relação de filiados. Os dados serão divulgados pela Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral (CGE), após o processamento dos dados, no dia 20 de abril.

O prazo final para o envio das listas de filiados foi estabelecido pelo Provimento nº 5/2016 da CGE. A relação atualizada deve conter a data de filiação e o número dos títulos e das seções eleitorais em que os filiados às legendas estiverem inscritos. Se a relação não é remetida nos prazos mencionados, permanece inalterada a filiação de todos os eleitores.

O artigo 19 da Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/1995) estipula que as legendas devem encaminhar as listas de seus filiados em abril e outubro de cada ano. Os dados devem ser disponibilizados por meio do sistema Filiaweb, que permite a interação on-line com o Sistema de Filiação Partidária.

Havendo coexistência de filiações partidárias, prevalecerá a mais recente, devendo a Justiça Eleitoral determinar o cancelamento das demais.

Filiados até 2015

Ao todo, há no Brasil 15.842.525 de filiados a partidos políticos. Esse dado foi calculado com base nas últimas relações enviadas à Justiça Eleitoral, em 2015, pelos 35 partidos registrados no TSE.

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) tem o maior número de filiados: 2.376.463. Em seguida, vem o Partido dos Trabalhadores (PT), com 1.590.104, e o Partido Progressista (PP), com 1.419.386 filiados.

Os três partidos mais recentes que tiveram seus registros aprovados no TSE (Partido Novo – 1.394; Partido da Mulher Brasileira – 34; e Rede Sustentabilidade – 1.576) somam juntos 3.004 filiados.

RC/TC

1 2 3 11